Antonio Nóbrega se apresenta em João Pessoa e Teresina

By Antonio Nóbrega | 16 março 2017 | Sem Comentários

Artista brinda o público com os espetáculos Um Recital para Ariano e Com Passo Sincopado
 
 
NB Com Passo 
Antonio Nóbrega não para! Após ter passado por Natal e Recife durante o carnaval e ter voltado à capital pernambucana no aniversário da cidade, ele se apresenta em Teresina e João Pessoa na última semana de março. O artista leva às duas cidades espetáculos que celebram a cultura popular brasileira e personagens importantes da sua história, em apresentações que tradicionalmente convidam o público à celebração dessa cultura, com muita dança, ciranda e energia brincante.
 
 No próximo dia 28/03 (terça-feira) Nóbrega se apresenta em Teresina com o espetáculo Um Recital para Ariano. Ele presta uma homenagem ao dramaturgo, poeta, romancista, ensaísta e pensador, Ariano Suassuna. Numa performance marcada pela diversidade, o artista leva ao público romances, poemas, martelos agalopados e toques instrumentais, que de alguma forma estão marcados pela presença da Ariano.
 

A viagem musical  passa pelos romances A Nau Catarineta, A Filha do Imperador do Brasil, pelas canções O Rei e o Palhaço e Canudos e pelas peças instrumentais Rasga e Ponteio Acutilado. Nóbrega estará acompanhado dos músicos Cleber Almeida (bateria/percussão), Edmilson Capelupi (cordas) Edson Alves (baixo e violão), Olivinho (acordeão) e Ze Pitoco (clarinete, sax e zabumba).

Já no dia 31/03 (sexta-feira), o artista leva a aula-espetáculo Com Passo Sincopado em João Pessoa. A apresentação integra o projeto Interatos – Mostra e Formação Permanente de Dança, que promove atividades de formação. O artista apresenta a sua visão sobre uma dança brasileira contemporânea – sistematizada a partir do encontro entre matrizes corporais populares e princípios técnicos, práticas e procedimentos formais provenientes das várias linguagens de dança tanto do Ocidente quanto do Oriente.

Por meio de performances, vídeos e falas ele convida o público a uma reflexão sobre a cultura brasileira, levando em conta a sua ascendência ocidental ou europeia – classe dominante, letrada – e a popular, marginal e de substrato oral. No palco Nóbrega estará acompanhado dos bailarinos Alison Lima e Maria Eugênia Almeida.

 

SERVIÇO:

Teresina

Um Recital para Ariano 

Data e horário: terça-feira, 28/03, 19h30

Local: Teresina Shopping (ver no mapa)

Entrada Franca

João Pessoa

Com Passo Sincopado

Data e Horário: sexta-feira, 31/03, 20h

Local: Teatro Paulo Pontes (ver no mapa)

Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia)

OBS: Os ingressos serão vendidos na bilheteria do Teatro Paulo Pontes, no dia do espetáculo, a partir das 14h

 

 

 





Chegança

By Antonio Nóbrega | 10 outubro 2016 | Sem Comentários

Chegança

 

Sou Pataxó,

sou Xavante e Cariri

Ianomâmi, sou Tupi,

Guarani, sou Carajás.

Sou Pancararu,

Carijó, Tupinajé,

Potiguar, sou Caeté,

Fulniô, Tupinambá.

 

Depois que os mares

dividiram os continentes

quis ver terras diferentes,

eu pensei: “vou procurar

um mundo novo,

lá depois do horizonte,

levo a rede balançante

pra no sol me espreguiçar”.

 

Eu atraquei

num porto muito seguro,

céu azul, paz e ar puro,

botei as pernas pro ar.

Logo sonhei

que estava no paraíso

onde nem era preciso

dormir para se sonhar.

 

Sou Pataxó,

sou Xavante e Cariri,

Ianomâmi, sou Tupi,

Guarani, sou Carajás.

Sou Pancararu,

Carijó, Tupinajé,

Potiguar, sou Caeté,

Fulniô, Tupinambá.

 

Mas de repente

me acordei com a surpresa:

uma esquadra portuguesa

veio na praia atracar.

Da grande nau,

um branco de barba escura,

vestindo uma armadura

me apontou pra me pegar.

 

Assustado,

dei um pulo lá da rede,

pressenti a fome, a sede,

eu pensei: “vão me acabar”!

Me levantei

de borduna já na mão,

ai, senti no coração:

o Brasil vai começar!





Carrossel do destino

By Antonio Nóbrega | 10 outubro 2016 | Sem Comentários

Carrossel do destino

 

Deixo os versos que escrevi,

as cantigas que cantei,

cinco ou seis coisas  que eu sei

e um milhão que esqueci.

Deixo esse mundo daqui,

selva com lei de cassino.

Vou renascer num menino

num país além do mar.

Licença, que eu vou rodar,

no carrossel do destino

 

Enquanto eu puder viver

tudo o que o coração sente,

o mundo estará presente

passando sem resistir.

Na hora que eu for partir

para as nuvens do divino,

que a viola seja o sino

tocando  pra me guiar.

Licença que eu vou rodar

no carrossel do destino.

 

Romances e epopeias

me pedindo pra brotar

e eu tangendo devagar

a boiada das ideias.

Sempre em busca das colmeias

onde brota o mel mais fino

e um só verso, pequenino,

mas que mereça ficar.

Licença que eu vou rodar

no carrossel do destino.





Canudos

By Antonio Nóbrega | 10 outubro 2016 | Sem Comentários

Canudos

 

Eu, viandante de um chão poento,

dias queimosos, vida sem idílio.

Preces voltadas para sóis ardentes,

luares claros a buscar o auxílio.

Para os meus olhos, confusão pasmosa,

batalha surda, secular martírio.

 

Ai, desatino!

Ai, meu penar!

Ai, velho medo!

Sombra e malpassar!

 

Vi mamelucos, pardos, vi cafuzos,

rostos marcados: um santo sudário.

Em Bom Conselho, Bendegó, Pontal,

vi conselheiro rezar solitário.

E anunciando o inverno benfazejo,

em Monte Santo subiu pro calvário.

 





Antonio Nóbrega apresenta Um Recital para Ariano no Centro de Convenções de Pernambuco

By Antonio Nóbrega | 5 outubro 2016 | Sem Comentários

Foto: Woofler

Foto: Woofler

 

Como parte da programação da 5ª edição do Congresso Internacional Marista de Educação, Antonio Nóbrega apresenta Um Recital para Ariano no Centro de Convenções de Pernambuco. O espetáculo marca a abertura do Congresso no próximo dia 11/10, a partir das 19h. Na homenagem ao dramaturgo, poeta, romancista, ensaísta e um dos grandes pensadores da sociedade brasileira, Nóbrega leva ao palco toda a diversidade de suas performances. A apresentação é composta por romances, poemas, martelos agalopados e toques instrumentais, que de alguma forma estão marcados pela presença da Ariano.

 

Nóbrega realiza uma viagem musical que passa pelos romances A Nau Catarineta, A Filha do Imperador do Brasil, pelas canções O Rei e o Palhaço e Canudos e pelas peças instrumentais Rasga e Ponteio Acutilado. Ele estará acompanhado dos músicos Edmilson Capelupi (violão 7 cordas, viola e cavaquinho), Edson Alves (baixo e violão), Cleber Almeida (pandeiro, percussão e bateria), Olívio Filho ( acordeão)  e Zé Pitoco (sax alto, clarinete e zabumba).

 

SOBRE A 5ª EDIÇÃO DO CONGRESSO INTERNACIONAL MARISTA DE EDUCAÇÃO

Promovida pelo Brasil Marista, por meio da União Marista do Brasil de 11 a 14 de outubro de 2016, a 5ª edição do Congresso Internacional Marista de Educação tem como tema “Educação de Qualidade: sentidos, experiências e horizontes”. O evento reunirá cerca de 3 mil educadores e gestores dos ensinos público e privado para discutir e potencializar a promoção do direito a uma educação integral de qualidade e de excelência acadêmica.     

 

SERVIÇO

Antonio Nóbrega em Um Recital para Ariano

Local: Centro de Convenções de Pernambuco

Data: 11 de outubro de 2016

Horário: 19h

Inscrições: www.congressomarista.com.br

Contato: congresso@congressomarista.com.br | 61-3346-5058





Antonio Nóbrega em três apresentações no Sesc Bom Retiro

By Antonio Nóbrega | 18 setembro 2015 | Sem Comentários

14727944272_bb630e83f1_o

Neste fim de semana Antonio Nóbrega estará no Sesc Bom Retiro para três apresentações. Nos dias 18 e 19 ele presenteia o público com uma coleção de canções que marcam a sua trajetória artística. Acompanhado por um septeto, Nóbrega mostrará um cancioneiro repleto de baiões, maracatus, frevos, choros, entre outros gêneros.

No domingo o artista apresenta o espetáculo Um Recital Para Ariano – uma homenagem ao dramaturgo, poeta, romancista, ensaísta e um dos grandes pensadores da sociedade brasileira, Ariano Suassuna. A apresentação é composta por romances, poemas, martelos agalopados e toques instrumentais de alguma forma  marcados pela presença da Ariano em sua obra . A viagem musical passa pelos romances A Nau Catarineta, A Filha do Imperador do Brasil, pelas canções O Rei e o Palhaço e Canudos e pelas peças instrumentais Rasga e Ponteio Acutilado.

Na sexta-feira e no sábado os shows começam, respectivamente, às 20h e às 19h. Já no domingo, o espetáculo Um Recital para Ariano está marcado para às 18h.

SERVIÇO:

Show Antonio Nóbrega

Data e horário: sexta-feira, 18 setembro, 20h. Sábado, 19 de setembro 19h.

Local: Sesc Bom Retiro, Alameda Nothmann, 185 – Bom Retiro, São Paulo – SP, 01216-000, Brasil

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudante), R$ 9,00 (carteirinha do Sesc)

Um Recital para Ariano

Data e horário: domingo, 20 de setembro, 18h

Local: Sesc Bom Retiro, Alameda Nothmann, 185 – Bom Retiro, São Paulo – SP, 01216-000, Brasil

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (estudante), R$ 9,00 (carteirinha do Sesc)





Antonio Nóbrega leva cultura brasileira ao Paraguai

By Antonio Nóbrega | 18 junho 2015 | Sem Comentários

15656069181_d633e767a7_b

Nos dias 18 e 19/06, Antonio Nóbrega estará em Assunção, Paraguai, para uma série de celebrações à cultura popular brasileira.

O artista subirá duas vezes ao palco do Teatro Tom Jobim, no Centro Cultural da Embaixada do Brasil. Na quinta-feira (18), ele faz o show “Encontro com a Música Brasileira” acompanhado de cinco músicos. No repertório, muito baião, choro, samba e frevo.

Na sexta-feira (19) é a vez da apresentação “Um Recital para Suassuna”, que será uma adaptação da composição de poemas, contos e músicas que Nóbrega criou para a grande homenagem a Suassuna realizada em São Paulo, no Teatro Municipal, no início do ano.

O filme Brincante, de Walter Carvalho será exibido em sessão na quinta-feira, 18. O público do Paraguai vai ter a oportunidade de conhecer este documentário-ficção que apresenta um olhar lírico da trajetória de Nóbrega numa viagem conduzida por João Sidurino e Rosalina – personagens vividos por ele e sua esposa, Rosane Almeida.

A iniciativa da Embaixada Brasileira tem apoio da Fundação Itaú, GOL linhas aéreas e Itaipu Binacional.

 





A força do casamento entre as tradições ocidental e popular brasileira

By Antonio Nóbrega | 16 abril 2015 | Sem Comentários

Antonio Nóbrega e Orquestra Ouro Preto prestam homenagem a Ariano Suassuna e ao movimento Armorial

11072297_1038523866176298_8785773174950288471_o

No domingo passado a Orquestra Ouro Preto convidou Antonio Nóbrega para abrir as comemorações de seus 15 anos de existência. O concerto lotou o Sesc Palladium em Belo Horizonte e foi também um marco da volta da série de encontros Domingos Clássicos. Foram mais de mil pessoas reunidas para assistir ao espetáculo – uma homenagem a Ariano Suassuna e ao movimento Armorial, do qual Nóbrega participou entre os anos setenta e oitenta à convite do próprio Suassuna.

O concerto uniu as experiências do artista e da orquestra. “Música brasileira, aquela que verdadeiramente deveria ser representante desse nome, teria que de alguma forma propor o casamento dessas duas linhagens culturais que marcam a cultura brasileira: a tradição ocidental ou europeia e a popular brasileira. Acho que o compositor brasileiro – na medida em que ele se utiliza dessas duas pistas, desses dois eixos – traduz em plenitude o espírito da música brasileira. É isso que procuro fazer através do meu trabalho e é isso o que também esse concerto vai procurar mostrar.” afirmou Nóbrega, ainda durante os ensaios, em entrevista ao programa Harmonia.

O programa do concerto contou com obras de Nóbrega – instrumentais e cantadas – e de compositores como Clóvis Pereira, Guerra Peixe e José Meneses. Uma música em especial comoveu não só o artista, mas também a plateia: a canção Romance de Riobaldo e Diadorim, – inspirada na obra do grande mineiro Guimarães Rosa –  parceria do artista com o poeta pernambucano Wilson Freire. Um concerto, enfim, marcado pela singularidade do trabalho da Orquestra Ouro Preto e pela participação calorosa do público de Belo Horizonte que, vale ressaltar, compareceu em peso a um espetáculo que aconteceu em plena manhã de domingo.

 





Antonio Nóbrega é convidado da Orquestra Ouro Preto para apresentação em BH

By Antonio Nóbrega | 4 abril 2015 | Sem Comentários

14830074082_12157f38bd_oAntonio Nobrega é o convidado especial para abrir a Série Domingos Clássicos, com a Orquestra Ouro Preto, no Grande Teatro do Sesc Palladium, dia 12 de abril, às 11h. A estreia celebra Ariano Sussuana e o Movimento Armorial. Escolhido pelo escritor pernambucano a integrar o Quinteto Armorial, em 1971, Nobrega foi apontado pelo maestro Rodrigo Toffolo, que rege a orquestra, como um dos mais completos artistas brasileiros da atualidade e o nome ideal para inaugurar a série de apresentações que vai ocupar o Sesc Palladium no segundo domingo de cada mês, de abril a dezembro deste ano. “É motivo de orgulho para a Orquestra Ouro Preto iniciarmos a parceria com o Sesc Palladium, ao lado de um artista da envergadura e história de Antonio Nóbrega”, diz Toffolo.

No repertório está Três Peças Nordestinas, assinada por Clóvis Pereira, que será apresentada pela primeira vez em Minas Gerais. Por meio da dança, voz e violino, a produção de Antonio Nóbrega oferece um mergulho profundo no universo brasileiro, com obras como Mateus Embaixador, Canjiquinha, Despedida, Tirando a Casaca, Galo de Ouro, entre outras.

SERVIÇO
Série Domingos Clássicos com a Orquestra Ouro Preto – convidado especial Antonio Nóbrega
Data: 12/4
Horário: 11h
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, Belo Horizonte)
Entrada: R$5 (inteira). Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm 15% de desconto.
Classificação: 8 anos





Homenagem a Suassuna: missão cumprida

By Antonio Nóbrega | 27 fevereiro 2015 | Sem Comentários

IMG_9282 O artista Antonio Nóbrega encerrou no dia 17 de janeiro, no Theatro Municipal de São Paulo, o projeto “Ariano Suassuna – Arte como Missão” com uma apresentação criada especialmente para a ocasião. Durante cerca de dois anos, o “Arte como Missão” levou a diversas cidades brasileiras o universo do escritor paraibano por meio de uma exposição de fotos e um ciclo de filmes – e, em boa parte dessas cidades, a famosa aula-espetáculo de Suassuna. Com o falecimento do escritor, em julho do ano passado, a aula-espetáculo de encerramento ficou por conta de Antonio Nóbrega, cuja carreira foi iniciada oficialmente pelas mãos de Suassuna em 1971 (com um convite para integrar o Quinteto Armorial). Mas aula-espetáculo não era bem o que Nóbrega tinha em mente. “Recital sentimental” foi como ele definiu sua apresentação, e foi exatamente o que a plateia – que, aliás, lotou a casa pelo preço simbólico de R$ 1 – teve a oportunidade de experimentar. Confira aqui artigo em que o próprio Nóbrega fala sobre a homenagem. Acompanhado por um quinteto formado por Swuami Jr. (violões), Filipe Maróstica (baixo), Léo Rodrigues (percussão), Olivinho (acordeom) e Zezinho Pitoco (clarinete, sax e zabumba), Nóbrega transportou o público para o universo mágico do sertão criado por Suassuna. Foram apresentadas canções como “Carrossel do Destino”, “Canudos”, “Ponteio acutilado”, ”Rasga” entre outras, quase sempre  entremeadas por relatos, reflexões e leituras. Ao final de um projeto tão relevante para a cultura brasileira, fica a sensação de que a grande missão – a arte – foi de fato cumprida. Nóbrega pretende agora levar o Recital para outros públicos. Acompanhe sua página no Facebook para saber das próximas apresentações ou entre em contato para contratar esse espetáculo.  




Assessoria de Imprensa:

Nara Lacerda
nara.lacerda@agenciafervo.com.br    
m. +55 11 9 9643 3432

Priscila Cotta
priscila.cotta@agenciafervo.com.br
m. +55 11 97028.2187

www.fb.com/coletivofervo
www.agenciafervo.com.br

FACEBOOK

FLICKR

IMPRENSA