Releases


Antonio Nóbrega leva Semba ao Sesc Santos

By Antonio Nóbrega | 3 fevereiro 2017 | Sem Comentários

Viagem pela história do samba vai dos batuques tradicionais aos formatos atuais de um dos ritmos que mais representa o país

Foto: Sílvia Machado

 

Antonio Nóbrega se apresenta no Sesc Santos no próximo dia 09/02 (quinta-feira) com o show Semba, que leva ao palco as diversas manifestações do samba. O ritmo, um dos grandes símbolos brasileiros, nasceu a partir de uma série de tradições populares que em comum tinham a presença dos batuques. Jongo, Coco, Tambor de Crioula e diversos outros fazem parte de uma história responsável pela afirmação do ritmo como uma espécie de tradução do Brasil.

Em Semba Nóbrega propõe uma viagem pelo universo de formação do samba, suas formas primordiais, os batuques regionais e os formatos criados a partir do estabelecimento do ritmo. Tudo permeado por uma riqueza cênica que procura engrandecer o gênero. Acompanhado de músicos e bailarinos, o artista explora os diversos sentidos da palavra samba: dança, festa, brincadeira, cantoria e música.

O título do espetáculo se refere à palavra banto que quer dizer umbigada. os grandes nomes do samba são relembrados, num apresentação que reúne repertórios clássicos de Noel Rosa,  Geraldo Pereira, Ismael Silva, Caymmi, Paulinho da Viola e Chico Buarque. O show no Sesc Santos abre a edição 2017 da Mostra de Arte Popular Maracatu Quiloa.

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

SERVIÇO

Abertura da mostra de arte popular Maracatu Quiloa

Show Semba de Antonio Nóbrega

Local: Sesc Santos – Rua Conselheiro Ribas, 136, Aparecida (ver no mapa)

Data: 09/02

Horário: 21h

Classificação indicativa: livre

Entrada Franca – retirada de ingressos a partir das 10h do dia do espetáculo. Limite de quatro ingressos por pessoa.  

Informações: http://bit.ly/2jJuVPJ

 

IMPRENSA

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

 55 11 9 9643 3432

www.fb.com/agenciafervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento





Antonio Nóbrega ministra oficina sobre criação em poesia popular brasileira

By Antonio Nóbrega | 16 janeiro 2017 | Sem Comentários

Curso Na Rima é uma das novidades do Instituto Brincante para 2017   espaço completa 25 anos em nova sede, construída com apoio de financiamento coletivo

Foto: Silvia Machado

O Instituto Brincante  está com matrículas abertas para a grade de cursos de 2017 e entre as novidades está a oficina Na Rima, ministrada por Antonio Nóbrega. No curso, o artista apresenta as diversas possibilidades e a trajetória de formação da poesia popular brasileira.

Nóbrega pretende desenvolver e incentivar a prática da criação em poesia com fins artísticos e educativos. As manifestações da cultura popular brasileira e a linguagem lúdica são usadas como base para a criação. Os participantes terão a oportunidade de entrar em contato com processos para melodizar versos, escrever cordeis, improvisar emboladas, repentes em quadras, sextilhas, décimas e galopes.

O conceito da oficina passa pela circulação e fruição da poesia popular brasileira. Nóbrega trabalha as variadas formas e modalidades dessa linguagem, tanto no campo teórico quanto na prática, com foco na poesia escrita e na improvisada. Com isso, além de conhecer e praticar técnicas de improvisação poética, os estudantes terão a possibilidade de desenvolver a memória poética e rítmica, praticar processos de memorização e cognição via poesia e explorar a natureza da língua portuguesa.

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

PROGRAMAÇÃO 2017: INSTITUTO BRINCANTE

A partir do dia 16 de janeiro, estarão abertas as matrículas para os cursos de 2017 do Instituto Brincante. Em nova sede no número 412 da mesma rua Purpurina, na Vila Madalena, o teatro-escola se prepara para comemorar 25 anos e reforça a vocação para a valorização da cultura brasileira em geral e a popular em particular.

Os cursos do Brincante contemplam quatro campos artístico-culturais: Dança, Música, Arte-educação e Literatura Brasileira (poesia popular). Para 2017, permanecem as atividades habituais da casa como Danças Populares Brasileiras, Danças Afro-brasileiras, Frevo e Capoeira, Pandeiro, Percussão Brasileira, Música Corporal, Histórias de Boca, Brincante para Educadores e Brincantinho. Há também novidades: Na Rima – Criação em poesia popular, ministrada por Antonio Nóbrega, Improvisação em Dança Brasileira, com Maria Eugenia Almeida, Tambores de Mão, com Matheus Prado, Formação de Novos Brincantes (duração de dois anos), com Antonio Meira e Matheus Prado e Estudos da Cultura e Música Tradicional da Infância, com Lucilene Silva.

Ao longo das mais de duas décadas de atuação, o Brincante tornou-se referência na formação de arte-educadores. Com tradição em cursos que têm como base a pesquisa aprofundada, o instituto tem tido  um papel relevante na capacitação de profissionais que buscam assimilar novos repertórios de material simbólico – cantos, danças, brincadeiras, etc. – e processos educativos filtrados do mundo popular.

Além de atrair profissionais da educação, o espaço é dedicado a  artistas e interessados em conhecer e praticar as mais diversas manifestações populares brasileiras no campo da dança, da música, da literatura, entre outras. A ampliação da consciência cultural e social define a missão do Brincante e coloca os participantes frente a uma renovada de interpretação do cotidiano.

SERVIÇO:

Na Rima – Oficina de Poesia Popular Brasileira

Data: 06/03 à 26/06 (16 encontros, às segundas-feiras)

Horário: das 19h30 às 22h

Período total de horas-aula: 40

Instituto Brincante – matrículas para cursos 2017

De 16 a 20/01/2017 a taxa de matrícula estará com 50% de desconto

Instruções para matrículas online: http://www.institutobrincante.org.br/

Dúvidas: contato@institutobrincante.org.br ou (11) 3816-0575

Matrículas presenciais:

Rua Purpurina, 412 – Vila Madalena – São Paulo | 05435-030 – SP

Horário de Atendimento: segunda a sexta, das 9h às 13h e das 14h às 18h

IMPRENSA:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

+55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

+55 11 9 9643 3432

www.fb.com/agenciafervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento





Com mais de R$ 100 mil de contribuição popular, Instituto Brincante inaugura nova sede em SP

By Antonio Nóbrega | 22 setembro 2016 | Sem Comentários

 

Além de festa de abertura para convidados, espaço terá intensa programação de cursos, shows e espetáculos

Foto: Silvia Machado

Foto: Silvia Machado

Após 1 ano e 4 meses do fim campanha de financiamento coletivo que garantiu sua permanência na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, o Instituto Brincante inaugura seu novo teatro e espaço para aulas com uma programação intensa para diversos perfis e idades:

Com exceção da festa de abertura, fechada para convidados, os ingressos estão à venda no Brincante e no site Eventbrite.

O novo teatro, projetado pelo escritório Bernardes Arquitetura, passa a ter uma programação regular de apresentações com a temporada de “Soma ao Som” – todas as sextas-feiras de novembro, sempre às 21h (inteira R$ 40, meia R$ 20). Com música ao vivo, as dançarinas Maria Eugênia Almeida e Marina Abib, da Cia. Soma, apresentam um espetáculo de improviso, que conta com a participação da plateia sugerindo temas para diferentes jogos de som e movimento. Para o dia 22 de novembro, aniversário de 24 anos do Brincante, está prevista uma aula-espetáculo com Antonio Nóbrega.

Já os cursos, que vinham acontecendo em espaços parceiros desde março, passam a funcionar na nova sede gradualmente, entre setembro e outubro – ainda há vagas para vários deles, acesse www.institutobrincante.org.br.

“Vamos comemorar e agradecer a todos os que ajudaram a fazer não só com que o Brincante ficasse na Vila Madalena, mas que continuasse a realizar seu projeto de arte e cultura”, diz Antonio Nóbrega. Rosane Almeida complementa: “O que é mais bonito neste projeto é que ele não se restringe aos frequentadores do Brincante de hoje. Essa estrutura, material e imaterial, é forte o suficiente para atravessar gerações”.

 

#FicaBrincante

No primeiro semestre de 2014, o casal de artistas Antonio Nóbrega e Rosane Almeida recebeu uma notificação para que o espaço de 800 m2 onde o Instituto Brincante funcionara por 21 anos fosse desocupado, sob pena de ajuizamento de ação de despejo. Era mais um reflexo da especulação imobiliária em São Paulo e especialmente na Vila Madalena. Seguiram-se meses de disputa judicial, acompanhada de mobilização nas ruas e redes sociais, com a campanha que começou espontaneamente pelos alunos e ficou conhecida como #FicaBrincante.

No processo, alguns pontos marcantes: uma imensa ciranda reuniu 10 mil pessoas na área externa do Auditório Ibirapuera, em agosto de 2014. No mesmo mês, junto com outros 22 teatros de rua, o Brincante foi considerado patrimônio imaterial pelo Conpresp, o órgão municipal de preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental.

Ainda assim, o desfecho, decidido em dezembro daquele ano pela Justiça, deu mais tempo para o Brincante, mas não o poupou de deixar o imóvel: a partir de janeiro de 2015, as aulas do Instituto passaram a ser realizadas  em espaços parceiros como Unibes Cultural, Steps Espaço de Dança e Anchietanum, enquanto era construída a nova sede.

 

Financiamento coletivo

Seria impossível para a família Nóbrega construir com recursos próprios um novo teatro e espaço de aulas do zero. O Instituto Alana, grande entusiasta e apoiador das atividades do Brincante, ofereceu uma parte da verba para construir uma sede adequada em duas casinhas que o casal já possuía, a poucos metros do Brincante antigo. E também foram acionados  parceiros como o escritório Bernardes Arquitetura, responsável pelo projeto, a Associação Novo Teatro de São Paulo, que doou todo o equipamento de som e luz, e a  Abividros (associação que reúne indústrias de vidro do País), que doou 400 m2 de vidros e espelhos para a construção. Além disso, foi promovida uma campanha de financiamento coletivo para complementar o dinheiro que ainda faltava.

Após 60 dias no ar, a campanha #FicaBrincante arrecadou mais R$ 100 mil entre os quase 800 apoiadores que se juntaram ao projeto na plataforma Catarse. O movimento contou com o empenho de alunos, professores e admiradores do Instituto.

 

Números do Brincante

Até dezembro de 2014 localizado na Rua Purpurina, 428, na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, o Brincante foi fundado pelo casal de artistas Antonio Nóbrega e Rosane Almeida em 22 de novembro de 1992. Tornou-se Ponto de Cultura em 2004 e adquiriu o status de instituto em 2 de março de 2001. Em 2014, foi tornado patrimônio imaterial pelo Conpresp, o órgão municipal de preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental. Ao longo de mais de duas décadas, acumulou números expressivos no trabalho de promoção da cultura brasileira:

– Atendeu diretamente mais de 21 mil alunos

– Reuniu um público de mais de 64 mil pessoas

– Realizou mais de 80 espetáculos

– Realizou 5 festivais (Encontro com a Dança e a Música Brasileiras, Sete Anos a Caminho dos 500, Festejando Câmara Cascudo – Na passagem de seu nascimento, Ao Gosto das Artes, 1º Festival de Brincantes, Festival Brincante 20 Anos)

– Atendeu mais de 60 instituições (por meio de cursos, oficinas, palestras e espetáculos)

– Formou 2,3 mil educadores

– Atendeu mais de 7,4 mil pessoas com o Brincante Itinerante (fundado em 2011)

 

Sobre Antonio Nóbrega

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Estão entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio-Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus e outros. Recebeu prêmios como o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel e Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs e três DVDs gravados. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado a sua trajetória artística.

 

Serviço

Programação de abertura do novo Teatro Brincante:

Rua Purpurina, 412, Vila Madalena – São Paulo

Tel.: 3817-5717

 

07/10, às 21h – Show do septeto de jazz brasileiro Silibrina com Gabriel Nóbrega

R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Ingressos a venda no Brincante e on-line  http://bit.ly/IngressosSilibrina_Brincante

 

08/10, às 21h – Sambada com Antonio Nóbrega e convidados

R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Ingressos a venda no Brincante e on-line http://bit.ly/SambadaNóbrega_Brincante

 

09/10, sessões às 16h – Espetáculo “Brincante & Cia” para pais e filhos com Rosane Almeida, músicos e dançarinos

R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)

Ingressos a venda no Brincante e on-line http://bit.ly/BrincanteCia

Em novembro: temporada “Soma ao Som” com as bailarinas Maria Eugênia Almeida e Marina Abib, da Cia Soma; e aula-espetáculo com Antonio Nóbrega no dia 22/11.

Cursos: matrículas abertas em www.institutobrincante.org.br

 

Assessoria de imprensa:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

m. +55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

m. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/agenciafervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento

 

 





Antonio Nóbrega se apresenta na Bienal Naïfs do Brasil em Piracicaba

By Antonio Nóbrega | 3 setembro 2016 | Sem Comentários

Artista estará no Sesc com a aula-espetáculo Com Passo Sincopado, uma reflexão sobre os caminhos percorridos pela dança na cultura brasileira.

nb2Antonio Nóbrega se apresenta no Sesc Piracicaba no feriado de Sete de Setembro (quarta-feira) com a aula-espetáculo Com Passo Sincopado. O espetáculo é parte da programação da 13ª Bienal Naïfs do Brasil. Por meio de performances, vídeos e falas o artista apresenta a sua visão sobre uma dança brasileira contemporânea – sistematizada a partir do encontro de matrizes corporais populares com princípios técnicos, práticas e procedimentos formais provenientes das várias linguagens de dança tanto do Ocidente quanto do Oriente.

Ainda tomando a dança no Brasil como ponto de partida de estudo e reflexão, o artista esboça uma interpretação da cultura brasileira, levando em conta a sua ascendência ocidental ou europeia – classe dominante, letrada – e a popular, marginal e de substrato oral. No palco Nóbrega estará acompanhado dos bailarinos Alison Lima e Maria Eugênia Almeida.

“Tanto quanto a música, a dança teve um poder irresistível sobre mim. Isso eu percebi logo quando a descobri, na década de 70, em Recife. Tomei conhecimento dela informalmente, aprendendo passos e movimentos por meio dos artistas populares da minha cidade. De tanto praticar diversas danças populares, terminei por incorporá-las ao meu universo de criação e hoje, procurando entender de onde provém o seu rico imaginário – vejo que essa busca me oferece caminhos e boas pistas para melhor entender o meu país.”, afirma Nóbrega.

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

SOBRE A 13ª BIENAL NAÏFS DO BRASIL

Bienal Naïfs do Brasil começou com as exposições anuais realizadas pelo Sesc Piracicaba no período de 1986 a 1991, e tem como iniciativa valorizar e disseminar essa vertente artística fortemente relacionada aos elementos que caracterizam a cultura popular brasileira. Considerada um dos principais eventos do gênero artístico, a Bienal promove a integração entre artistas, pesquisadores, colecionadores e galeristas, além de educadores e estudantes, com o propósito de ampliar conhecimentos e garantir o debate acerca da produção visual no País. Ao longo de suas edições, buscou propagar a diversificação do que é conhecido como estética naïf tradicional, com seleção de obras que enfatizam a variedade da confecção popular, um realinhamento do propósito primitivo moderno que caracteriza a arte ingênua.

A 13ª edição do evento tem o tema Todo mundo é, exceto quem não é. A mostra traz 126 obras de 86 artistas de todas as regiões do País, que retratam cenas da vida cotidiana com sofisticada simplicidade. A comissão de curadoria composta por Clarissa Diniz, Claudinei da Silva e Sandra Leibovici analisou 948 trabalhos de 474 inscritos, vindos de 25 estados brasileiros.

Além das obras selecionadas, a exposição conta também com 59 trabalhos de 25 artistas contemporâneos convidados pela curadoria, e ainda prevê a realização de programa de ações educativas, uma biblioteca, oficinas, residência artística e a elaboração de uma série de documentários, sob a curadoria de Clarissa Diniz e Claudinei Roberto.

 

SERVIÇO:

Com passo sincopado – Aula-espetáculo de Antonio Nóbrega

Quando: Quarta-feira, 07/09

Onde: Sesc Santo Piracicaba (Ver no mapa)

ENTRADA FRANCA

Informações: http://bit.ly/2bUaB9X

Bienal Naïfs do Brasil 2016

Período: 20 de agosto a 27 de novembro de 2016

Local: Sesc Piracicaba

Rua Ipiranga, 155 – Centro – Piracicaba, SP

Tel. (19) 3437-9292

Horários: Terça a sexta-feira, das 13h15 às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 9h30 às 18h;

 

IMPRENSA ANTONIO NÓBREGA

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/agenciafervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento





SESC São Paulo realiza “Do Semba Ao Samba”, projeto dirigido por Antonio Nóbrega que celebra o centenário do gênero musical

By Antonio Nóbrega | 27 julho 2016 | Sem Comentários

Programação ocupa diversos espaços do Sesc Pinheiros, da

Praça da unidade ao Teatro Paulo Autran, num ciclo de atividades

que reúne show inédito, sambadas, aulas-espetáculo, oficinas e mesas de conversa

 

28367861016_cdf6318c5b_k

As raízes do samba, suas formas primordiais, os batuques regionais e as diversas variações desse ritmo, tanto na música quanto na dança, permeiam “Do Semba ao Samba”, novo projeto de Antonio Nóbrega, concebido e dirigido pelo artista  em coprodução e realização do Sesc São Paulo, que ocorre na unidade de Pinheiros, nos meses de agosto e setembro. O projeto celebra o centenário do samba, cuja história tem como marco inicial o registro, em 1916, da composição “Pelo Telefone”, de autoria de Donga.

 

O ponto alto do ciclo de atividades comandado por Antonio Nóbrega será o show inédito “Semba”, no Teatro Paulo Autran, dias 26, 27 e 28 de agosto e 02, 03 e 04 de setembro. O espetáculo propõe uma viagem pelo mundo do samba, por meio de suas formas primordiais, dos diversos batuques regionais, das modalidades criadas a partir do estabelecimento do gênero, com músicos e bailarinos que apresentam as possibilidades e variações desse ritmo. Tem direção musical de Edmilson Capelupi, direção coreográfica de Maria Eugênia Almeida e arranjos de Edmilson Capelupi e Edson Alves.

 

Ainda no mês de agosto, em datas anteriores, Nóbrega estará à frente das sambadas (13 e 20/08), que convidam o público a participar dançando, cantando e brincando. Já nos dias 16 e 17/08 será a vez das aulas-espetáculo, que discorrem sobre música, poesia e dança.

 

Completando a programação, as ações de cunho prático e reflexivo serão oportunidades para músicos, dançarinos, pesquisadores e interessados em cultura brasileira ampliarem seus conhecimentos. Haverá mesa de palestras (18/08), oficinas de música e dança (30/08 a 02/09) e ensaios abertos (27/07, 10/08 e 24/08).

 

Pesquisa – “Do Semba ao Samba” celebra o centenário do gênero, porém o brincante não se ateve às manifestações mais conhecidas do samba. Nóbrega buscou na cultura popular expressões como o Coco de Zambê, o Samba de Parelha, o Tambor de Crioula, o Batuque Paulista e o Jongo para conceber o projeto.

 

“Samba é uma palavra de muitos sentidos”, afirma Nóbrega. “Além de dar nome a manifestações populares que congregam dança e música, significa também festa, baile popular, cantoria, brincadeira e pagode”, completa o artista. As manifestações do gênero são conhecidas e praticadas em várias regiões do país, sendo a mais importante a “umbigada”, chamada pelos primeiros negros escravizados trazidos para o Brasil de “semba” (termo que, por fim, originou o “samba”).

 

Centenários – Antonio Nóbrega vem investigando a música brasileira e transformando o resultado da sua pesquisa em espetáculos de música e dança: “Nove de Frevereiro (2007) foi uma síntese da minha relação com o frevo, o gênero que marca meu trabalho e início da minha relação com a música. Depois foi a vez baião, com o show Lua (2012), que era um passeio pela obra de Luiz Gonzaga. Agora chegou a vez do samba e daqueles ritmos que estão na raiz da sua formação”, diz Nóbrega.  “Curiosamente, dois desses espetáculos se deram em anos de comemoração do centenário dos gêneros – frevo e samba. No caso do Luiz Gonzaga, que representa o baião, foi em torno das celebrações do centenário do seu nascimento”, completa. “É fascinante estudar o samba – e eu já tinha reparado nisso ao estudar o frevo e o baião –  porque você compreende a natureza do País, como a cultura se move e se organiza”.

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos oito anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Estão entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente e Húmus, entre outros. Recebeu prêmios como o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel e Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs e três DVDs gravados. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

SESC PINHEIROS – DO SEMBA AO SAMBA

Agosto e setembro

 

PROGRAMAÇÃO

Ensaios Abertos

Dias 27 de julho e 10 de agosto – Quartas-feiras –  das 14 às 15h30. Dia 24 de agosto – Ensaio Geral – Quarta-feira – das 18 às 20h

Ensaios abertos do show, que tem como escopo uma viagem pelo mundo do samba, tanto através de suas formas primordiais – os diversos batuques regionais – quanto pelas modalidades surgidas a partir do estabelecimento do gênero.

Durante a atividade o público será convidado a participar de um bate-papo em que Nóbrega esclarece os processos de trabalho desenvolvidos.

Local: Teatro Paulo Autran. Livre. Grátis.

Retirada de Ingressos com 1 hora de antecedência.

 

Sambadas – Com Antonio Nóbrega, músicos e bailarinos

Dias 13 e 20 de agosto – Sábados – das 16h às 17h30

Encontros de música e dança em que são tocados ritmos brasileiros, em especial os do mundo samba, em que o público é convidado a participar dançando, cantando e brincando.

Local: Praça. Livre. Grátis

 

Aula-espetáculo Música e Poesia – Com Antonio Nóbrega

Dia 16 de agosto – Terça-feira – das 20h às 21h30

Uma conversa ilustrada por vídeos, músicas e letras sobre o nascimento e desenvolvimento das primitivas formas de samba e os variados tipos de samba surgidos a partir do estabelecimento do gênero. A atividade é dirigida a músicos, estudantes de música e interessados na linguagem.

Local: Teatro Paulo Autran. Livre. Grátis.

Retirada de Ingressos com 1 hora de antecedência.

Aula-espetáculo Dança – Com Antonio Nóbrega e bailarinos

Dia 17 de agosto – Quarta-feira – das 20h às 21h30

Uma conversa ilustrada com vídeos e danças sobre as diferentes formas de “sambar”, desde os primitivos batuques – como o Coco de Roda, o Jongo e o Tambor de Crioula – até os variados tipos de samba surgidos a partir da constituição do gênero.  A atividade é dirigida a bailarinos, estudantes de dança e interessados nas artes do corpo.

Local: Teatro Paulo Autran. Livre. Grátis.

Retirada de Ingressos com 1 hora de antecedência.

Mesa de Conversa Do Semba ao Samba

Dia 18 de agosto – Quinta-feira – das 19h30 às 22h30

Encontro com estudiosos, compositores e intérpretes que irão abordar temas como a origem do samba, suas letras, sua dança e sua ligação com a atualidade brasileira. Com Antonio Nobrega, Luiz Tatit, Muniz Sodré e Ricardo Azevedo.

Local: Teatro Paulo Autran. Livre. Grátis.

Retirada de Ingressos com 1 hora de antecedência.

 

Oficina – Da Polirritmia Africana Aos Pulsos Rítmicos Brasileiros – Com Antonio Nóbrega e músicos

De 30 de agosto a 02 de setembro. Terça a sexta, das 10h30 às 14h30

Estudo e assimilação dos pulsos rítmicos dos diferentes tipos de samba ainda praticados no Brasil. O objetivo da oficina é ampliar a bagagem rítmica de percussionistas e músicos em geral em relação à música brasileira. Dirigida a músicos e estudantes de música.

Local: Sala de Múltiplo Uso

Classificação etária: 16 anos

Ingressos: R$ 20,00 (inteira). R$ 10,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 6,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Inscrições a partir de 05/08, na Central de Atendimento. Vagas limitadas.

 

Oficina – Na Pisada De Todos Os Sambas – Com Antonio Nóbrega

De 30 de agosto a 02 de setembro. Terça a sexta, das 14h30 às 18h30

Prática e estudo dos diferentes tipos de samba como o Jongo, Samba de Parelha, Tambor de Crioula, Batuque Paulista e o Coco. O objetivo da oficina é tanto ampliar a bagagem vocabular dos bailarinos quanto oferecer caminhos para novos processos de criação e improvisação coreográficas. Dirigida a bailarinos, estudantes e interessados em dança e nas artes do corpo.

Local: Sala de Múltiplo Uso

Classificação etária: 16 anos

Ingressos: R$ 20,00 (inteira). R$ 10,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 6,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes)

Inscrições a partir de 05/08, na Central de Atendimento. Vagas limitadas.

 

SHOW – SEMBA

De 26 de agosto a 04 de setembro – Sextas e sábados, às 21h; domingos, às 18h

Espetáculo que propõe uma viagem pelo mundo do samba, por meio de suas formas primordiais, dos diversos batuques regionais e das modalidades criadas a partir do estabelecimento do gênero. Com Antonio Nóbrega, acompanhado de músicos e bailarinos que apresentam as possibilidades e variações desse ritmo.  

Concepção e direção: Antonio Nóbrega | Direção musical: Edmilson Capelupi | Direção coreográfica: Maria Eugênia Almeida | Arranjos: Edmilson Capelupi e  Edson Alves

Músicos: Antonio Nóbrega (cordas e vocalista), Cleber Almeida (bateria), Daniel Allain (sopros), Edmilson Capelupi (cordas), Edson Alves (cordas e baixo), Zé Pitoco (sopro e zabumba), Léo Rodrigues (percussão), Olivinho (sanfona)

Bailarinos: Antonio Meira, Alisson Lima, Maria Eugenia Almeida, Mika Rodrigues, Rosane Almeida.

Local: Teatro Paulo Autran

Classificação etária: Livre

Ingressos: R$ 40,00 (inteira). R$ 20,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência). R$ 12,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

——————–

SESC PINHEIROS

Endereço: Rua Paes Leme, 195.

Bilheteria: Terça a sábado das 10h às 21h. Domingos e feriados das 10h às 18h.

Tel.: 11 3095.9400.

Estacionamento com manobrista: Terça a sexta, das 7h às 22h; Sábado, domingo, feriado, das 10h às 19h. Taxas / veículos e motos: Matriculados no Sesc: R$ 7,50 nas três primeiras horas e R$ 1,50 a cada hora adicional. Não matriculados no Sesc: R$ 10,00 nas três primeiras horas e R$ 2,50 a cada hora adicional. Para atividades no Teatro Paulo Autran, preço único: R$ 7,50.

Transporte Público: Metrô Faria Lima (a 500m) e Estação Pinheiros ( a 800m).

 

MAIS INFORMAÇÕES À IMPRENSA

 

Sylvio Novelli – Assessoria em Comunicação

Com Sylvio Novelli, Fausto Cabral e Fabiana Baeta

11 3806-1636

sylvio@sylvionovelli.net (cel: 11 99231-3211)

fausto@sylvionovelli.net (cel: 11 99855-8144)

fbaeta@sylvionovelli.net  (cel: 11 99239-4029)

 

Assessoria de Imprensa – Sesc Pinheiros

Com Poliana Queiroz | Érica Georgino

Contatos: (11) 3095.9423 ou 3095.9446

imprensa@pinheiros.sescsp.org.br

 

Assessoria de Imprensa – Antonio Nóbrega

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento

Com Priscila Cotta | Nara Lacerda

Contatos: (11) 97028.2187 | (11) 99643.3432

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

nara.lacerda@agenciafervo.com.br





Antonio Nóbrega volta a Belo Horizonte com homenagem a Ariano Suassuna

By Antonio Nóbrega | 27 julho 2016 | Sem Comentários

14728239505_4a243f31ed_z

No próximo dia 02/08 (terça-feira), Antonio Nóbrega estará no Sesc Palladium em Belo Horizonte apresentando o espetáculo Um Recital Para Ariano. O show integra a programação que celebra os cinco anos do Centro Cultural. Em homenagem ao dramaturgo, poeta, romancista, ensaísta e um dos grandes pensadores da sociedade brasileira, o artista leva ao palco toda a diversidade de suas performances. A apresentação é composta por romances, poemas, martelos agalopados e toques instrumentais, que de alguma forma estão marcados pela presença da Ariano.

“Já lá se vão mais de quarenta anos desde o momento em que Ariano convidou-me para integrar o Quinteto Armorial. Dessa ocasião até praticamente a sua morte, além da boa convivência e amizade que sempre cuidamos em manter, estabelecemos também um vínculo artístico que se materializou em algumas peças musicais. Essas músicas foram tanto diretamente referenciadas em suas obras literárias – particularmente na Pedra do Reino – quanto, de modo indireto, inspiradas nas prazerosas conversas que tivemos ao longo dos anos. Não é por outra razão que o espetáculo também se constitui numa espécie de recital sentimental.” Afirma Nóbrega.

Nóbrega realiza uma viagem musical que passa pelos romances A Nau Catarineta, A Filha do Imperador do Brasil, pelas canções O Rei e o Palhaço e Canudos e pelas peças instrumentais Rasga e Ponteio Acutilado. Ele estará acompanhado dos músicosEdmilson Capelupi (violão 7 cordas, viola e cavaquinho), Edson Alves (baixo e violão), Cleber Almeida (pandeiro, percussão e bateria), Olívio Filho ( acordeão) e Zé Pitoco (sax alto, clarinete e zabumba).

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

SERVIÇO:

Um Recital para Ariano – espetáculo de Antonio Nóbrega

Data e horário: terça-feira, 02 de agosto, 21h

Local: Grande Teatro do Sesc Palladium – R. Rio de Janeiro, 1046 – Centro, Belo Horizonte – MG

Ingressos: Plateia I – R$40 (inteira) / Plateia II – R$30 (inteira) e Plateia III – R$20(inteira).

Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm 60% de desconto no valor da inteira. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou pelo site www.ingresso.com

IMPRENSA:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br m.

+55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br m.

+55 11 9 9643 3432

www.fb.com/coletivofervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento





Antonio Nóbrega faz show gratuito no Parque Villa Lobos

By Antonio Nóbrega | 6 abril 2016 | Sem Comentários

Sambada comandada pelo artista é parte da programação da Virada da Saúde São Paulo

 14728239505_4a243f31ed_z

Já conhecida do público que acompanha as atividades do Instituto Brincante e a carreira de Antonio Nóbrega, a familiar e prazerosa  sambada será apresentada especialmente para o público da Virada da Saúde São Paulo no domingo (10/04). A apresentação começa às 16 horas no Parque Villa Lobos. Nóbrega lavará ao palco um misto de apresentação e roda de dança. Acompanhado por músicos e bailarinos, o artista vai apresentar músicas referenciadas nos ritmos brasileiros.

 

Durante a apresentação Nóbrega, os bailarinos e músicos convidam o público para participar de uma grande roda de dança. O objetivo é motivar a movimentação do corpo usando as  danças populares do Brasil. A rítmica presente nessas manifestações traz possibilidades benéficas ao corpo, mas ao mesmo tempo não perde de vista o caráter de brincadeira e festa.

 

SOBRE A VIRADA DA SAÚDE

Em comemoração ao Dia Mundial da Saúde (07/04) a Secretaria Municipal da Saúde realiza a segunda edição da Virada da Saúde, em parceria com o Instituto Saúde e Sustentabilidade.  O evento acontece de 3 a 10 de abril com a ideia de aproximar os cidadãos do tema de forma diferenciada, inovadora e lúdica. As atividades da Virada da Saúde acontecerão em quatro eixos de atuação: Cultural, Médico-Assistencial, Bem-Estar e Educação. Clique aqui para mais informações.

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

SERVIÇO:

Sambada com Antonio Nóbrega na Virada da Saúde

Data: 10/04/2019

Horário: 16h

Local: Parque Villa Lobos, Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001, São Paulo

 

IMPRENSA:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/coletivofervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento

 

 

 

 

 





Antonio Nóbrega lança novo site

By Antonio Nóbrega | 29 março 2016 | Sem Comentários

Página traz informações e novidades para o público, com detalhes sobre a trajetória do artista. Recentemente Nóbrega estreou também seu canal de textos autoriais na plataforma Medium

Itaú Cultural Aula Espetáculo Antonio Nobrega_230211_045 

 

O site do multi-artista Antonio Nóbrega  está de cara nova. Após alguns meses fora do ar, a página volta com informações valiosas, novidades sobre novos projetos, shows e espetáculos, acesso à discografia e a plataformas de download, uma área dedicada à biografia, links para a Cia Antonio Nóbrega de Dança e muito mais. Todas as novidades podem ser conferidas em www.antonionobrega.com.br.

 

Com o lançamento Nóbrega reafirma a importância da internet no fortalecimento da cultura popular brasileira e na divulgação dos artistas independentes. Entre 2014 e 2015, por exemplo, a campanha pela continuidade dos trabalhos do Instituto Brincante teve forte apelo na rede mundial de computadores e o movimento #Ficabrincante ganhou força com ajuda das redes sociais. Por meio de um financiamento coletivo online foram arrecadados mais de 100 mil reais, valor que vem sendo usado nas instalações da nova sede do Brincante, em construção.

 

Além do novo site, Nóbrega estreou também na plataforma Medium, um dos mais importantes e inovadores canais de textos da atualidade. Os artigos autorais do artista estão disponíveis no link: https://medium.com/@antonionobrega

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia,Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

IMPRENSA:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

m. +55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

m. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/coletivofervo

http://www.agenciafervo.com.br/





Antonio Nóbrega apresenta novas canções no Carnaval de Recife

By Antonio Nóbrega | 26 março 2016 | Sem Comentários

Artista se apresenta domingo (07/02) no Marco Zero, a partir das 19h30.

recife

Novas músicas e duas homenagens fazem parte do roteiro do show  de  Antonio Nóbrega para o Carnaval de Recife. O artista se apresenta no Marco Zero a partir das 19h30 do domingo (07/02). Nóbrega preparou para o público um espetáculo em que cantará canções originais, recém compostas; lembrará o centenário do Samba e prestará uma homenagem aos Caboclinhos pernambucanos – reverenciando especialmente um dos seus mestres:  Zé Alfaiate, criador do Caboclinho Sete Flechas de Recife, um dos mais importantes da cidade.

O Caboclinho é uma das manifestações populares mais presentes no Nordeste, especialmente em Pernambuco. Espetáculo de música e dança cujos figurantes, caboclinhos e caboclinhas,  executam danças em grupo de grande força e beleza. As suas indumentárias nos trazem à lembrança a fundamental presença indígena na cultura brasileira. A música, marcada por toques e “baques”, é executada por uma gaita (espécie de flauta tocada frontalmente), o tarol e o caracaxá.  Mestre Zé Alfaiate, atualmente com mais de 90 anos, é figura notória na continuidade dessa manifestação. A homenagem de Nóbrega  aos Caboclinhos levará ao público as composições  Saudação aos Caboclinhos e Chegança (Antonio Nobrega-Wilson Freire), Coroa não é cocar (Chico César) e a peça instrumental Tempo de Caboclinhos (Ernâni Aguiar).

Antonio Nóbrega apresentará também novas composições como Eu que Vivo e Meu Tempo (criadas em  parceria com Wilson Freire), além de músicas que marcaram sua carreira. Uma sequência de sambas lembrando o centenário de nascimento do gênero, a ser comemorado este ano, encerra o show. O artista terá a companhia dos sete músicos de sua banda e de cinco bailarinos.

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

SERVIÇO:

Antonio Nóbrega no Carnaval de Recife

Quando: Domingo, 07/12, 19h30

Onde: Marco Zero

ENTRADA FRANCA

 

IMPRENSA:

PRISCILA COTTA

priscila.cotta@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 97028.2187

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/coletivofervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento





Antonio Nóbrega se apresenta em Brasília

By Antonio Nóbrega | 26 março 2016 | Sem Comentários

Artista leva ao palco uma reflexão sobre os caminhos da dança na cultura brasileira. Aula-espetáculo Com Passo Sincopado está na programação do I Seminário Nacional de Formação Artística e Cultural.

brasilia

O desenvolvimento da dança na cultura popular brasileira é tema da aula-espetáculo Com Passo Sincopado, idealizada e ministrada pelo artista Antonio Nóbrega. No dia 02 de dezembro (quarta-feira) ele apresenta o espetáculo no I Seminário Nacional de Formação Artística e Cultural – na Funarte Brasília. Acompanhado dos bailarinos Alison Lima e Maria Eugênia Almeida, Nóbrega revela  passos, saltos, giros e  gingados – uma tentativa de aproximar o público, sensorial e intelectualmente, do rico universo cultural popular.

 

Por meio de performances, vídeos e falas, o artista apresenta a sua visão sobre a dança brasileira contemporânea – sistematizada a partir do encontro de matrizes corporais populares, com princípios técnicos, práticas e procedimentos formais provenientes das várias linguagens de dança tanto do Ocidente quanto do Oriente. Ainda tomando a dança no Brasil como ponto de partida de estudo e reflexão, o artistas esboça uma interpretação da cultura brasileira, levando em conta sua ascendência ocidental ou europeia – classe dominante, letrada – e  popular – marginal e de substrato oral.

 

Nas palavras do próprio artista: “Tanto quanto a música, a dança teve um poder irresistível sobre mim. Isso eu percebi logo quando a descobri, na década de 70, em Recife. Tomei conhecimento dela informalmente, aprendendo passos e movimentos por meio dos artistas populares da minha cidade. De tanto praticar diversas danças populares, terminei por incorporá-las ao meu universo de criação e hoje, procurando entender de onde provém o seu rico imaginário – vejo que essa busca me oferece caminhos e boas pistas para melhor entender o meu país.”

 

SOBRE ANTONIO NÓBREGA

Nascido em Recife, começou a estudar violino aos 8 anos. Em 1971, Ariano Suassuna convidou-o para integrar o Quinteto Armorial. A partir daí, passou a estudar o universo da cultura popular e a criar espetáculos de teatro, dança e música nela referenciados. Entre eles: Brincante, Segundas Histórias, O Marco do Meio Dia, Figural, Na Pancada do Ganzá, Madeira Que Cupim Não Rói, Pernambuco Falando para o Mundo, Lunário Perpétuo, Nove de Frevereiro, Naturalmente, Húmus, entre outros. Recebeu diversos prêmios, entre eles o Shell de Teatro, o Tim de Música, APCA, Mambembe, Conrado Wessel, Governador do Estado de São Paulo.

 

Com seus espetáculos, o artista tem viajado pelo Brasil e outros países. Recebeu duas vezes a Comenda do Mérito Cultural. Tem 12 CDs gravados e três DVDs. Em novembro de 1992, fundou com Rosane Almeida – atriz, bailarina e sua esposa – o Instituto Brincante, em São Paulo. Em 2014, o cineasta Walter Carvalho realizou o longa-metragem Brincante, dedicado à sua trajetória artística.

 

SOBRE O I SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA E CULTURAL:

 

O I Seminário Nacional de Formação Artística e Cultural,  será realizado de 1º a 3 de dezembro, em Brasília (DF). O objetivo do evento é impulsionar a construção de uma política nacional voltada à formação em arte e cultura. Um dos principais temas do seminário será a constituição de uma ampla rede de formação artística e cultural, capaz de articular tanto a rede formal de ensino quanto as diversas escolas livres de arte de todo o Brasil. O intuito é, a partir dessa rede, ampliar a qualidade e o acesso aos cursos.

 

Realizado na Funarte Brasília e na Escola Brasileira de Choro Raphael Rabello – Clube do Choro, terá a participação de gestores públicos, profissionais de cultura e educação, artistas, mestres de culturas populares e representantes de movimentos sociais. O evento é organizado pela Secretaria de Educação e Formação Artística e Cultural (Sefac) do Ministério da Cultura (MinC), em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF).

SERVIÇO:

Com passo sincopado – Aula-espetáculo de Antonio Nóbrega

Quando: Quarta-feira, 02/12, 17h30

Onde: Teatro Plínio Marcos – Funarte (Ver no mapa)

ENTRADA FRANCA

Inscrições gratuitas: http://www.cultura.gov.br/snfac ou retirada de ingressos com duas horas de antecedência na Sala Funarte

 

IMPRENSA:

NARA LACERDA

nara.lacerda@agenciafervo.com.br

  1. +55 11 9 9643 3432

www.fb.com/agenciafervo

http://www.agenciafervo.com.br/

f e r v o – comunicação, conteúdo & relacionamento




ARQUIVO

Assessoria de Imprensa:

Nara Lacerda
nara.lacerda@agenciafervo.com.br    
m. +55 11 9 9643 3432

Priscila Cotta
priscila.cotta@agenciafervo.com.br
m. +55 11 97028.2187

www.fb.com/coletivofervo
www.agenciafervo.com.br

FACEBOOK

FLICKR

IMPRENSA