Início » Blog » Jacob 100 anos

Jacob 100 anos

By Antonio Nóbrega | 23 abril 2018 | Sem Comentários


Hoje, 23 de abril é um dia especial. É o dia do choro e também o de aniversário de um dos seus maiores representantes: Pixinguinha, que se vivo estivesse completaria 121 anos. Só não disse que o Pixinga foi o maior representante do choro porque tivemos a sorte de ter ainda entre os vários e ilustres compositores e instrumentistas do gênero, o sempre admirado e reverenciado Jacob do Bandolim, que nessa ano de 2018, precisamente no dia 14 de fevereiro, teria completado 100 anos.

E aí tive a ideia de aproveitar a data e lançar, hoje, a campanha Jacob 100 anos. Nela estou solicitando que músicos instrumentistas gravem – pode ser nos celulares – em imagem e som, o choro Gostosinho do Jacob a partir da base de acompanhamento executada pelos competentes músicos Gian Correa, violão sete cordas, e Léo Rodrigues, pandeiro, que estamos postando ao final desse texto. Podem ser gravados tanto solos quanto a base. Envio ainda a partitura (embora ela  marque um andamento de 116, estamos tocando um pouquinho mais lento). Então fiquem atentos: é preciso gravar no andamento dessa base para que os nossos amigos e colaboradores Gustavo Vale (engenheiro de som) e Alexandre Amêndola (editor de audiovisual) possam fazer a edição.

Outra coisa: o convite é dirigido a todo e qualquer instrumentista, seja ele de flauta, trombone, marimba, guitarra, baixo, piano, fagote, apito, inclusive a bandas. Sejam todos bem vindos! Vamos fazer uma bela de uma edição audiovisual com os vídeos que nos enviarem. A campanha se estenderá de hoje até o dia 21/07.

Um lembrete importante é que podem participar músicos de todos os lugares e quadrantes do mundo: japoneses, escandinavos, russos, sírios, americanos, italianos, angolanos, conchinchinianos, pasargadianos, etc.

Vamos nessa! Porque, além de homenagearmos Jacob e o choro, a ideia é  de criarmos também uma rede de confraternização mundial através da música.

Nesses tempos de antagonismos e falta de entendimento, como é o caso especial do nosso país, a música pode ser um canal de encontro e confraternização. Um canal por onde possa fluir o lado prazenteiro, poético e esperançoso do país, quiçá do mundo… Aquele lado que, pudéssemos traduzir a música de Pixinguinha e Jacob do Bandolim  em riqueza social e humana e certamente estaríamos a léguas de distância dos vexames espiritual, político  e social porque estamos passando.

Portanto, Hamilton, que ao longo do ano vai  lançar a obra completa de Jacob, Marcos Cézar, lá de Recife, Yamandu Costa, Herz e Krassik, Quaternaglia, Hermeto, Henrique Cazes, Gismonti, Banda Silibrina, Capelupi e tantos e tantos outros admiráveis e geniais músicos brasileiros, vamo-que-vamo compor “a mais bela roda de choro que jamais poderia ser realizada”, especialmente para homenagear o grande e querido Jacob.  

Partitura que utilizei.

Vídeo da base executada por Gian Correa e Léo Rodrigues.

Áudio dessa mesma base, pra quem preferir ouvir pelo soundcloud.

O e-mail para enviarem suas participações é oie@agenciafervo.com.br.

E para começar dando o exemplo, segue a minha modesta contribuição para a campanha. 

Grande Abraço.

 

PRINCIPAIS ASSUNTOS

FACEBOOK

FLICKR